Área Restrita:

A crise do Coronavírus (Covid 19) e as Instituições de Ensino Superior

 

*Elizabeth Castro Maurenza de Oliveira

 

Diante desta pandemia que estamos enfrentando, com as características deste vírus que tem descomunal velocidade de propagação, o que exige isolamento social, medidas inéditas no mundo, todas as categorias de serviços estão se adequando a esta nova realidade e as Instituições de Ensino Superior - IES não ficaram indiferentes a esses fatos.

 

O Ministério da Educação e Cultura – MEC, por meio da Nota Técnica nº 14/2020, assinada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e vários outros órgãos, autoriza que se adotem aulas on-line para os cursos presenciais durante essa pandemia, como alternativa para não se perder o semestre letivo, desde que se cumpram os dias letivos e as horas-aula estabelecidas na legislação e nos projetos pedagógicos institucionais.

 

As diversas instituições de ensino estão estabelecendo qual a melhor forma para cumprirem essa determinação, de acordo com as tecnologias oferecidas internamente, ou lançando mão de outras plataformas disponíveis, tanto para ministrar as aulas quanto para as reuniões pedagógicas regimentais.

 

Não se trata de transformar o curso presencial em curso Ead, cujas estruturas metodológicas são completamente diferentes e próprias. O curso presencial continua sendo formalmente uma modalidade na qual é inserida uma ferramenta a mais na ministração de aulas, o on-line.

 

Algumas instituições que não tenham a possibilidade de ministrar as aulas on-line, quer seja por ausência de tecnologia ou a capacitação dos docentes, também estão adotando a antecipação das férias e/ou recesso de julho, a depender do perfil dos alunos e docentes. A instituição que optar por simplesmente suspender as aulas, deverá apresentar um plano de reposição ao MEC relativo ao cumprimento dessas horas-aula para que se cumpra a carga horária semestral.

 

A Academia Paulista de Contabilidade – APC também se preocupa com o ensino da Contabilidade neste momento, tanto na forma de apresentação dos conteúdos quanto à percepção e aprendizado dos alunos, futuros profissionais da Contabilidade, visto que os patronos da APC são vinculados à esfera contábil como docentes e empresários da Contabilidade.

 

Está sobre a mesa dos coordenadores dos cursos de Ciências Contábeis a forma como serão realizadas as avaliações (provas) para que se garanta a internalização dos conteúdos pelos estudantes.

 

* Elizabeth Castro Maurenza de Oliveira é graduada em Ciências Econômicas e Ciências Contábeis, com especialização em Administração da Educação, mestrado em Administração com ênfase em Contabilidade para Tomada de Decisões, e doutorado em Comunicação Social com ênfase em Comunicação Organizacional. Na Academia Paulista de Contabilidade- APC, ocupa a Cadeira de nº 7, cujo Patrono é o contador Carmello Mancuso Sobrinho

 

ASSESSORIA

DE LEON COMUNICAÇÕES