Área Restrita:

Acadêmicos comemoram com o Sindcont-SP os 70 anos do seu Centro de Estudo

 

Um dos componentes da mesa solene das comemorações dos 70 anos de fundação do Centro de Estudos e Debates Fisco Contábeis - CEDFC do Sindcont-SP, o presidente da Academia Paulista de Contabilidade - APC, Domingos Orestes Chiomento, disse estar muito feliz em fazer parte de mais este evento que incentiva o conhecimento e o engrandecimento da classe contábil.

 

A cerimônia foi realizada na noite da quarta-feira (25), na sede do Sindcont-SP.

 

O presidente estava acompanhado de outros Acadêmicos, que também prestigiaram o evento, tais como: José Serafim Abrantes; José Donizete Valentina; Sergio Prado de Mello e Gildo Freire de Araújo.  

 

Presente no evento,o  deputado estadual Itamar Borges relembrou a trajetória do Sindicato e a sua importância para a classe contábil, bem como a sua grande contribuição com a Frente Parlamentar do Empreendedorismo, a qual preside, enfatizando que os profissionais da Contabilidade foram fundamentais na fundamentação da Reforma Tributária.

 

“Vivemos um momento muito importante, no qual pretendemos revogar as leis que  atrapalham a vida do contador, das empresas e da sociedade. A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo está promovendo o Revogaço, pois já identificamos mais de 200 leis que estão com sinal verde para serem revogadas. E esperamos contar com as sugestões da classe contábil para que estas mudanças sejam realmente efetivas.”

 

Já a presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo - CRCSP, Márcia Ruiz Alcazar, agradeceu ao Sindcont-SP por proporcionar projetos que contribuem de maneira tão significativa para o aperfeiçoamento profissional de tantos profissionais de Contabilidade. E aproveitou a oportunidade para convidar os presentes a participarem da 26ª Convenção Estadual dos Profissionais da Contabilidade, que acontecerá no período de 04 a 06 de novembro próximo.

 

Medalha Luiz Fernando Mussolini

 

Durante as comemorações, os contadores Nelson Gonçalves Jacintho e Edinice da Silva Costa foram agraciados com a Medalha Professor Luiz Fernando Mussolini, outorga que desde 2007  homenageia associados ou não associados que contribuem direta ou indiretamente para o fortalecimento e enaltecimento do CEDFC. Ambos agradeceram a honra da Medalha e disseram-se emocionados por passar a fazer parte de tão seleta galeria.

 

O presidente do Sindcont-SP, Antonio Eugenio Cecchinato, encerrou os pronunciamentos cumprimentando a todos os homenageados e relembrando que neste ano de 2019 o Sindicato completou o seu centenário, no dia 19 de julho, e que muitas ações estão sendo realizadas em razão desta tão marcante dada.

 

“Nesta noite, além dos 100 anos do Sindcont-SP, estamos festejando os 70 anos do Centro de Estudos e Debates Fisco Contábeis de São Paulo; os 15 anos do Centro de Estudos de São Bernardo do Campo; os dois anos do Centro de Estudos de São Caetano do Sul;  e o primeiro ano do núcleo do CEDFC de Taboão da Serra, todos voltados ao estudo das leis e cooperação entre os pares. Os Centros de Estudos do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo são poderosas ferramentas fundamentais para auxiliar os contadores em seus trabalhos diários”.

 

Compuseram a mesa da solenidade: Antonio Eugenio Cecchinato; presidente do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo; Antonio Inácio Barbosa, presidente do CEDFC; Marcia Ruiz Alcazar, presidente do Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo -CRCSP; Manoel de Oliveira Maia, presidente da Federação dos Contabilistas do Estado de São Paulo - Fecontesp; Itamar Borges, deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar do Empreendedorismo; Arthur Verna, presidente do Centro de Estudos e Debates Fisco-Contábeis no ano de 1973; e Gildo Freire de Araújo, presidente do Instituto Paulista de Contabilidade - IPC.