Área Restrita:

Acadêmico Mac-Knight colabora com a fiscalização pública em SP

Um grupo de idosos está ajudando a monitorar os gastos públicos na capital paulista. Também acompanham as licitações, fiscalizam o poder público e fomentam o controle social em forma de trabalho voluntário. Estes ativistas, acima de 60 anos atuam na ONG Observatório Sociais espalhadas em 136 cidades do país, reúne cidadãos em favor da eficiência e da transparência dos atos da Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB).

 

“Além do direito, é nossa obrigação acompanhar e monitorar o serviço público, que a gente contribuiu com o pagamento de impostos”, afirma o auditor contábil aposentado Claudio Filippi, 80 anos, o voluntário mais experiente da turma e membro da Academia Paulista de Contabilidade - APC.

 

No observatório, Filippi chegou em 2016 para atuar como voluntário, inspirado por outro já existente no estado de São Paulo. Atualmente, ele pertence ao conselho consultivo. “A gente faz sugestões, de maneira geral, nos projetos desenvolvidos”, afirma o aposentado, que defende a educação fiscal como disciplina curricular nos ensinos público e privado.

 

Texto: Folha Press

Foto: Folha Press