Área Restrita:

Acadêmicos da APC disseminam conhecimento em Simpósio Paulista de Contabilidade Aplicada ao Setor Público

No dia 25 de abril, Dia do Profissional da Contabilidade, diversos profissionais e estudantes da área Contábil prestigiaram o III Simpósio Paulista de Contabilidade Aplicada ao Setor Público.

 

O evento, que foi gratuito e com transmissão ao vivo, contou com a participação de alguns membros da Academia Paulista de Contabilidade – APC, entre eles Valmir Leôncio da Silva, que foi o responsável pela moderação da atividade.

 

Na ocasião, Adriano Giglioli, também acadêmico, abordou o tema: “Relacionamento entre Gestores e Contadores para eficiência do Trabalho das OSCs”. Já o Acadêmico Eurípedes Sales, com sua vasta experiência no setor, contribuiu em diversas frentes.

 

Ainda compuseram a mesa os palestrantes: Emerson Onofre Pereira, levantando o tema “Desafios da Contabilidade no 6º maior orçamento do País”; Marcelo Monello, com “Os aspectos jurídicos e a prestação de contas das entidades do Terceiro Setor frente as novas normas de Contabilidade”; e Patricia Siqueira Varela, explanando “O processo de convergência às IPSAS e os Desafios do PLP 295, que trata da nova lei de Finanças Públicas”.

 

Segundo Emerson Onofre Pereira, o grande desafio dos contadores em atividade no 6º maior orçamento do Brasil é a implantação de todos os procedimentos contábeis patrimoniais sob o enfoque patrimonial, em atendimento às normas atuais de Contabilidade Pública, exigindo dos profissionais a capacidade de apuração, análise e interpretação das transações orçamentárias, financeiras e patrimoniais, não se limitando ao entendimento de questões meramente orçamentárias.

 

“Os contadores devem enxergar o desafio como uma grande oportunidade de renovação do conhecimento ou de resgate de conhecimentos adquiridos antes da entrada na área pública, buscando sempre o seu aperfeiçoamento profissional”, afirmou Pereira.

 

Marcelo Monello levantou a bandeira sobre a importância das entidades do Terceiro Setor e como elas devem aumentar muito daqui para a frente, já que estas têm o papel fundamental de ajudar o governo a atender as demandas que o Estado não consegue resolver.

 

Já o palestrante Adriano Gilioli pontou os fatores essenciais para o bom o relacionamento entre gestores e contadores para eficiência do trabalho das OSCs: um relacionamento afetivo, planejamento, organização, controle e direção para uma gestão assertiva, que gere eficiência, e trabalho que é o conjunto das atividades para atingir as metas.

Patricia Siqueira Varela questionou a plateia para saber se toda informação utilizada para a tomada de decisão e accountability é oriunda da Contabilidade. Além disso, abordou a potencialidade das informações contábeis, a capacidade financeira e operacional, custos e resultados. 

 

O seminário teve como objetivo reciclar, aperfeiçoar e gerar conhecimentos relativos à Contabilidade aplicada ao setor público, por meio de discussão e disseminação dos aspectos mais relevantes dos temas expostos.

 

Texto: Bruna Lyra Raicoski

Edição: Katherine Coutinho

Fotos: Bruna Lyra Raicoski